Pesquisar este blog

Carregando...

19 de ago de 2016

Não brigue com a balança!

Você está determinado a perder peso, e não se aguenta de curiosidade ao se pesar sempre que acorda, ou sempre após o treino? Quer uma dica? Contenha a curiosidade e evite frustrações. Veja por quê:
- Evite verificar seu peso todos os dias: você verá uma variação muito pequena na balança, isso pode ser desanimador. E pior: hoje você pode olhar um peso, e amanhã observar um valor ligeiramente maior (ENGORDEEEEIII??? talvez não!). Melhor evitar. Nosso corpo não é um robô! Nós variamos o peso dia a dia, e os motivos são os mais diversos. É bem mais vantajoso que você observe as mudanças duradouras. Segure a curiosidade e observe a cada 15 dias!
- Também é importante que evite observar o peso após um treino! Ahh! você também adora ver quantos quilos aquela aula "queimou"? Esqueça um pouco isso; você pode fazer uma aula extenuante e observar nenhuma variação na balança (e se tiver muito suado, esse suor pode pesar na roupa e na balança rsrsrsrs!), ou até mesmo uma aulinha muito leve e de repente, "mágica!", você parece mais magro no visor da balança!
- Use sempre o mesmo aparelho: eles podem variar de um para o outro, ou mesmo estar descalibrados (especialmente esses de rua por aí!)
- Sempre que for verificar seu peso, faça de preferência em horários semelhantes, assim você minimiza um pouco dessas variações que ocorrem durante o dia (no início do dia, sem a influência dos afazeres diários pode ser a melhor opção);
- O mínimo de roupas possível! Nas avaliações físicas em academias (tanto para balança como algumas outras medidas, o recomendado é sunga ou short para homens e bikini ou top e short para mulheres), esse padrão é importante. Se você tem a balança em casa, por que não fazer nu(a)? Se faz em outro ambiente, tente fazer com as mesmas roupas sempre!
- Sem crises com variações de poucos gramas. Essa neura não vai adiantar e pode ter levar a fazer loucuras. Lembre que o peso, apesar de importante, é apenas uma das referências para avaliar sua composição corporal, há outras medidas bastante úteis como as dobras cutâneas e circunferências, que, em conjunto nos fornecem parâmetros qualificados para guiar seu treino e sua dieta e levar você aos seus objetivos de forma segura saudável e num prazo adequado. Esteja sempre acompanhado(a) por profissionais qualificados!

(Prof. Ícaro Carvalho)

13 de ago de 2016

Experimenta!

Um evento gigante como a Olimpíada, acontecendo na nossa casa, nos dá a oportunidade de vivenciar esportes com os quais temos pouco ou nenhum contato (são 42 modalidades diferentes e suas diversas categorias!). E então descobrimos como podem ser fascinantes: Há atletas altos e baixos, magros e cheiinhos, mais fortes e mais fracos, homens e mulheres, uns muito jovens, outros bastante maduros. A Olimpíada mostra que o esporte é para todos (e ainda tem a paralimpíada logo após)! Basta que a gente se dê a chance de experimentar e, quem sabe, se identificar com alguma dessas práticas e poder desfrutar também de suas vantagens! Vale ressaltar que há ainda uma outra infinidade de esportes que não fazem parte desse evento (em 2020, a Olimpíada contará com Surfe, Skate e karatê). Opções não faltam, só não vale ser sedentário!

29 de jul de 2016

DOR DESVIADA: QUAIS AS CAUSAS E COMO EVITAR (OU CONTER) ESSA FISGADINHA CHATA!

Dor desviada, dor “de viado”, dor de lado, “dor de burro” ,  Dor transitória abdominal lateral... Enfim, para cada lugar um nome diferente, mas a dor e o incômodo... Ah, essa todos identificam muito bem, independente de como se chama.
Mais comum nos indivíduos destreinados, corredores mais entusiasmados e iniciantes, a dor desviada é uma dor aguda e momentânea localizada na parte inferior da caixa torácica e é causada por espasmos musculares do diafragma.
Diafragma: Localizado por baixo das costelas.
Respirar corretamente pode evitar a dor.
O diafragma é um músculo primordial para a manutenção da respiração humana, auxiliado pelos músculos intercostais e outros denominados acessórios.
Não há uma causa precisa para essa dor, porém, há algumas explicações bem plausíveis para o que gera tais espasmos do diafragma. Uma delas é o trabalho exaustivo desse músculo durante uma corrida ou trabalho intenso (daí a relação com indivíduos destreinados e despreparados, uma vez que estes encontrariam desconfortos devido à adaptação a uma rotina de exercícios).
Outra explicação seria devido a um grande fluxo sanguíneo na região das pernas. Tal volume aumentaria a pressão na parte inferior do diafragma enquanto a respiração expande os pulmões e, conseqüentemente, aumentando a pressão sobre a região superior do diafragma, havendo, assim, diminuição no fluxo de sangue (e, obviamente, de oxigênio) para o diafragma.
Outra possível explicação para o famoso incômodo é em relação a ingestão em excesso de comida e líquidos, que também dificultaria o trabalho do diafragma. Estômago cheio, além de dificultar o movimento descendente do diafragma, também reduz o seu fluxo sanguíneo, diminuindo, assim, o oxigênio ofertado.


O que fazer quando a dor desviada surgir durante a atividade?

Para os aventureiros de primeira viagem (destreinados) a dica é “tirar um pouco o pé do acelerador”, diminuir os ritmos do treino é uma boa dica nesses casos, deixa que o corpo se adapte gradativamente às intensidades dos treinos é importante. E calma! Não culpe seu professor por isso! É praticamente impossível saber o nível de tolerância de cada um (individualidade biológica), portanto o mais prudente seria respeitar esses sinais e reduzir a intensidade. Em outros casos uma estratégia interessante é a das respirações prolongadas. Seja qual for a situação das citadas acima inspirações mais longas aumentariam a oferta de oxigênio para o diafragma e também estimulam os músculos que auxiliam na respiração, diminuindo assim o trabalho excessivo do diafragma, e gradativamente as dores vão aliviando.
Inclinar o tronco à frente, e respirar profundamente pode aliviar a dor,
pausar o exercício e descansar é a medida mais efetiva.


O que fazer para evitar?

Antes de tudo, é necessário entender que quanto maior o condicionamento físico maior a tolerância aos eventos citados, lembrando que se seu nível de condicionamento é baixo qualquer estímulo acima ou próximo deste nível lhe deixa sujeito a essas dores. Portanto, fortalecer toda
musculatura do tronco e abdome é uma grande estratégia, assim, tornaria toda a musculatura que auxilia na respiração mais resistente à fadiga. Exercícios respiratórios e alongamentos também são bem vindos, ter um bom ritmo respiratório durante as atividades é bastante importante.
Ter cuidados em relação a alimentação, principalmente, nas refeições próximas aos exercícios físicos e evitas excessos de líquidos durantes as atividades também são dicas que vão ajudar a você não sentir esse desconforto chato.

Prof. Esp. Pablo Carvalho

11 de jul de 2016

Treinando no Condomínio

O que você acha da ideia de cuidar da saúde, fazer exercícios, interagir com vizinhos, estar perto das crianças, sem ter de se deslocar, pegar trânsito, gastar tempo, tudo isso com qualidade, resultados efetivos com o acompanhamento de profissionais capacitados?

Tentador não é?
E se a gente te disser que o WELFARE TRAINER pode proporcionar tudo isso aí na sua casa, com custo bastante acessível?
Essa é a proposta do nosso Projeto Condomínios:
Fornecer a prática monitorada de atividades físicas as mais variadas nos espaços disponíveis dentro dos condomínios, de forma adequada aos mais variados ambientes, os quais muitas vezes estão ociosos:

- Área de lazerExterna;
- Academia interna;
- Quadras esportivas;
- Piscinas
- Salão de Festas;
- Espaços Fitness entre outros.

Com custo rateado entre os participantes, e a comodidade e segurança oferecidas em nossas atividades, com certeza essa ideia vai agradar. Veja mais clicando AQUI. E consulte-nos para obter mais informações. Queremos proporcionar qualidade de vida a todos.

18 de mai de 2016

Dá para treinar a barra fixa em casa

Muitos dos candidatos aos concursos das polícias militares, civis ou federais têm como principal obstáculo no seu caminho rumo à aprovação a barra fixa. Sejam homens ou mulheres, este exercícios chega a causar algum terror nos concorrentes que passam pelo teste de aptidão física. a própria ausência de experiência motora causada pelo sedentarismo ou mesmo por não ser um exercício comumente praticado nas academia é a causa de tanta preocupação.

Sustentar o peso do corpo, sem balancear e realizar de forma ritmada e concentrada os movimentos da flexão na barra fixa exige bastante da musculatura dorsal, braços e abdome. Se enganam aqueles que acreditam que os exercícios de puxada e remada feitos nas máquinas convencionais de musculação seriam suficientes para realizar a barra fixa com perfeição e em pouco tempo, nem sempre é assim. O treinamento exige alguma paciência, variação de métodos e exercícios e claro, muita prática específica na própria barra.


Mas como treinar na barra se nem sempre se tem uma por perto? Eis então que um pequeno instrumento tem auxiliado bastante aqueles que treinam em casa. A barra de porta! 

Algumas parafusadas outras de pressão, este equipamento é facilmente encontrado nas lojas esportivas e permite a realização de uma boa variedade de exercícios auxiliares que vão além do movimento em si exigido nos editais. Permite uma progressão nos movimentos e uma adaptação à sustentação do peso do corpo sem necessariamente ter de ir à praia ou a uma praça procurar por uma barra.

Vale ressaltar a importância de estar acompanhado de um profissional de educação física que oriente na evolução dos treinos com este e outros equipamentos de forma segura e eficaz. E... por falar em segurança, por mais que as marcas garantam segurança desse equipamento de porta, não faz mal ter um cuidado a mais: instale a barra numa superfície adequada, não exagere na altura, ponha colchonetes, almofadas que amorteçam uma possível queda se o aparelho deslizar e, ao fazer a barra em seu movimento tradicional, faça com pernas estendidas, não dobre os joelhos; E evite qualquer tipo de pirueta ou invenções destas que costumamos ver por aí... Bom treino!
Pernas estendidas é exigência dos editais de TAF

Com a barra embaixo, é possível ter um apoio e treinar abdominais
Com a barra à meia-altura você consegue fazer remadas, variar pegadas
e se habituar ao peso de seu corpo sem necessariamente sair do chão.

26 de abr de 2016

Dicas para mudanças alimentares:


Fracione as refeições (coma mais vezes ao dia e em menor volume). Realize pelo menos as três principais refeições (café da manhã, almoço e jantar) e dois lanches;

Consuma 5 porções de frutas e verduras ao dia e varie as cores no prato;

Substitua alimentos refinados (massas, pães, biscoitos...) por opções integrais;

Modere na utilização de gorduras nas preparações;

Não utilize temperos industrializados, prefira os naturais;

Escolha cortes de carnes magras (patinho e alcatra por exemplo), consumindo mais carnes brancas (frango sem pele e peixes);

Tome água!!! Mínimo de 2l ao dia (varia conforme a pessoa);

Evite doces, caso consuma prefira a base de furta, ex: goiabada;

Modere no consumo de sódio (sal de cozinha, condimentos)

Evite refrigerantes, sucos industrializados e bebidas alcoólicas;

Faça refeições equilibrada antes e após o treino;

Consuma arroz e feijão (apresentam aminoácidos essenciais);

As raízes são ótimas opções de carboidratos;

Substitua as opções integrais por desnatadas ou com baixo teor de gorduras de leites e derivados;

Leia os rótulos e escolha alimentos que na lista de ingredientes você conheça os nomes descritos (quanto mais nomes estranhos maior o risco de estar ingerindo aditivos para conservação, corantes...);
Dica de ouro: descasque mais e abra menos embalagens!!!

18 de abr de 2016

Mudanças em curto prazo (Nutricionista Monique Batista)

Você tem poucos meses para estar em forma e com bom rendimento para atingir seus objetivos??


Pois saiba que a alimentação e a hidratação têm papel tão importante quanto os treinos, eles vão influenciar diretamente em seus resultados.


Para quem está com excesso de peso a reeducação alimentar vem auxiliar na redução de gordura corporal, o que te deixará mais disposto para realização dos treinos, melhorando o rendimento e previne lesões (excesso de peso é um dos fatores de dores e desconfortos na coluna e articulações);


Já quem é “magro” precisa de alimentação adequada para melhora de massa magra corporal, estímulo e melhora do rendimento nos treinos e a recuperação entre treinos;


A hidratação (água, repositores hidroeletrolíticos, bebidas com carbo... depende do objetivo) é importante antes, durante e após o treino. Nosso corpo é composto por cerca de 60% de água, sendo assim a desidratação é prejudicial em inúmeros processos, inclusive na atenção e desempenho físico.


Então lembre-se!! Dedicar-se só aos estudos, treinos e chegar em casa e meter o pé na jaca ou não comer nada (os dois são ruins) e beber pouca água, podem diminuir em muito seus resultados, ninguém vai correr o risco, não é?!
Então alimente-se e hidrate-se de forma equilibrada e saudável. ;)


Procure um profissional nutricionista e faça um acompanhamento.

15 de abr de 2016

Curso Preparatório para Polícia Civil (FMB RECIFE)

Inicie o quanto antes sua preparação para o concurso da PC/PE.

Turmas iniciando em 25/04.
Há ainda turmas apenas aos sábados, com início em 30/04

Alunos FMB tem 10% de desconto na preparação física para o TAF!

Visite a página do curso no facebook: https://www.facebook.com/FMB-Recife-1509486032690480/?fref=ts

Ou entre em contato:

Telefone: (81) 3034-5606
Celular/Whatsapp: (81) 9.9857- 4607

Garanta sua vaga na carreira pública!

14 de abr de 2016

TAF: Treinar com sol à pino? Melhor evitar!


Após ver algumas postagens de candidatos aos concursos da PMPE e PCPE relatando que estão treinando ao meio-dia, ou mesmo marcando de encontrar outros colegas de concurso para treinar nesse horário, surgiu a preocupação em fazer esse post com alguns dicas úteis e tentar mudar a ideia de quem pretende fazer o mesmo.

Como a imensa maioria dos candidatos nesses concursos é de recifenses, nós daqui sabemos muito bem as temperaturas e elevados índices de umidade dessa calorosa capital, outros vêm do interior de pernambuco quem também desfrutam de temperaturas que chegam perto (até passam) dos 40ºC, e assim é em praticamente todo Norte/Nordeste desse país.

Treinar com calor intenso pode ser contraprodutivo e até mesmo perigoso para praticantes INICIANTES de atividade física (o que representa uma grande fatia desses concursandos). São treinos que exigem maiores cuidados com volume e intensidade, com a hidratação e um conhecimento das reações do próprio corpo. E aí, se formos considerar que a maior parte desses está tentado fazer isso sem qualquer orientação profissional, os riscos são ainda maiores.  

Dores de cabeça (enxaquecas que podem durar dias), diarreia, náusea e vômitos, confusão mental e dificuldade na concentração, cansaço excessivo, cãibras, até mesmo convulsões, são alguns dos sintomas de uma ensolação, desidratação e fadiga associados aos treinos em calor intenso. Há vários outros, pois cada organismo pode reagir de forma diferente. E aí é só pensar um pouco: como evoluir nesses treinos (em 2 ou 3 meses apenas)? E se ainda há o risco de atrapalhar os estudos, por que fazer isso? Não parece muito vantajoso não é mesmo?



Os mais desconfiados vão alertar: "MAS NO DIA DA PROVA HÁ O RISCO DE EXECUTAR OS TESTES NESSES HORÁRIOS! E AÍ?" 

De fato, é bem possível de ser um daqueles que vão ter de executar os testes no horário ingrato de 10h às 15h. E realmente você precisa estar adaptado ao clima quente, então deixo algumas dicas:

1) Lembre que as provas da PMPE e PCPE devem ocorrer nos meses de inverno em Recife, embora não faça aqui temperaturas abaixo de zero, certamente temos um clima um pouco mais ameno, e um grande risco até de chuva nesses dias, o que pode ajudar um pouco;



2) Treine em horários mais adequados, início da manhã, fim de tarde ou mesmo à noite. Inicie suas atividades com a maior antecedência possível e evolua seus índices ao máximo que conseguir para a aprovação e cerca de 2 a 3 semanas da prova (TAF), faça alguns treinos nos horários da prova para aclimatar-se às condições que pode encontrar;

3) Se, de acordo com seus horários, sua única saída for os treinos nesses horários infernais, procure sombra ou locais fechados, hidrate-se muito bem, use roupas bem leves, alimente-se de forma adequada e PRINCIPALMENTE: Procure orientação profissional para adequar e planejar seus treinos adequadamente.

Bons Treinos!

15 de mar de 2016

Saiu o Edital para Polícia Civil / PE




Inscreva-se já e se prepare para os testes físicos conosco, temos turmas iniciando e novas turmas em Maio. Saia na frente e não dê espaço para o azar! Valorize seu investimento de tempo e dinheiro na conquista de seus objetivos. F.: (81) 9 8645 2220
NOSSOS HORÁRIOS:

BOA VIAGEM:

Segundas e Quartas: Às 07h (Prof. Junior)

Segundas e Quartas: às 19h (Prof. Susana)
Terças e Quintas: às 16h (Prof. Bárbara)
Terças e Quintas às 20h (Prof. Ícaro)

DERBY:
Quartas e Sábados: às 07h  (Prof. Ícaro)


CANDEIAS

Segundas e Quartas: às 07h (Prof. Pablo) 
Terças e Quintas às 07h (Prof. Junior)

OLINDA:
Terças e Quintas às 07h (Prof. Diego)

Terças e Quintas: às 19h (Prof. Diego)



Concurseiro organizado não subestima nenhuma etapa. E a preparação física é essencial na aprovação. Organize bem os seus horários de estudo, e reserve um tempo para se preparar para o TAF. Não aguarde o edital, MUITO MENOS o resultado da prova objetiva. O tempo pode ser insuficiente, e todo o esforço inicial pode ir por água abaixo. Vale lembrar que um corpo fisicamente ativo, tem mais disposição para os estudos, consegue melhores índices de concentração e se recupera de esforços físicos e mentais com maior rapidez.

Vem com a gente, temos uma equipe preparada para te ajudar, incluindo uma nutricionista que te ajudará com sua alimentação saudável e uma psicóloga que pdoe te auxiliar com a ansiedade e estresse que esse momento pode trazer. Temos turmas iniciando em março, e fazemos também acompanhemento individual, entrem em contato conosco!

Estamos juntos, porque ‪#‎otreinoénosso‬.


Aproveite ainda nossas parcerias com Nutricionista, Psicólogo e com o Preparatório FMB Recife - Todos compromissados com a sua aprovação.